Multpainel contribui no ensino dos alunos do instituto com lousas de vidro

Se desenvolver como cidadão, tendo ferramentas de qualidade e de necessidade básica durante o período de formação educacional ao longo da vida, é o direito de toda criança e adolescente. O Instituto Projeto Neymar Jr. busca no dia a dia utilizar mecanismos pedagógicos e de ensino para contribuir na educação das crianças e adolescentes atendidos.  Por isso, o INJR conta com a contribuição de empresas parceiras no desenvolvimento do trabalho, como a Multpainel, que doou todas as lousas usadas em sala de aula pelos professores e alunos.

Além de contribuir com o ensino em sala de aula, a Multpainel também foi responsável por decorar o Instituto com painéis ilustrativos que contam de maneira cronológica a história do projeto, através de fotos. Para Felipe Cassola, Diretor Comercial da empresa, desde o início da parceria houve uma identificação com o trabalho de desenvolvimento social de crianças, jovens e famílias que o INJR idealizou.

“O momento da decisão em participar do projeto, através de nossos produtos, foi o dia em que visitamos o local ainda em obras. Fomos recebidos por pessoas com brilho nos olhos e que nos explicaram o que ia ter em cada sala. O impacto que isso traria para a comunidade transcende o nome do Neymar. Começamos a enxergar realmente a causa do projeto, o que deixou de ser uma parceria comercial e sim, para nós da Multpainel, uma parceria humana”, contou.

Ao todo são 50 painéis e lousas de vidro, de diversos tamanhos, que fazem parte da rotina de aulas e trabalho no Instituto. Uma das grandes vantagens desse material é o custo benefício e a durabilidade do material, que há três anos foi doado pela Multpainel e continua contribuindo no desenvolvimento da garotada.

 

“Realmente trata-se de um produto diferenciado no mercado. E com a doação de produtos desse nível de qualidade eliminamos um custo e um trabalho que todas as instituições de ensino possuem a cada 18/24 meses em média, que trata-se da substituição das lousas antigas por novas, uma vez que os quadros brancos de madeira que são os mais conhecidos e atualmente usados mancham com o contínuo uso da caneta”, completou.

Instrumento diário de professores, a lousa de vidro do Instituto pode parecer simples, segundo Cassola, mas o que há por trás dessa iniciativa é muito mais grandioso. ”Sabemos que apesar de simples, uma lousa de forma indireta, é capaz de impactar o rumo da vida das pessoas. Afinal, ela é o instrumento usado pelos professores e mestres para passar conhecimento, desenhar raciocínios, exemplificar lógicas, desenhar uma ideia, etc. Contribuir para o ensino dessa molecada foi o nosso principal objetivo quando iniciamos a parceria”, finaliza.