Lucas Lima volta aos treinos para a temporada de 2019

Após as festas de final de ano, Lucas Lima volta aos treinos de olho em nova conquistas. Contratado como um dos reforços do Verdão para a temporada de 2018, o atleta possui um vínculo com o clube alviverde até 2023. 

 Lucas Limas foi um dos destaques da última temporada, chegou a 63 jogos com a camisa palmeirense. Foram 16 jogos no Paulistão, 3 na Copa do Brasil, 34 no Brasileirão, 7 na Libertadores e 3 amistosos. Ao todo, o atleta marcou 7 gols, 1 no Paulista, 5 no Campeonato Brasileiro e 1 na Libertadores, gols importantes e decisivos nos campeonatos. Lucas se destacou também nas assistências (que resultaram em gols), sendo 6 no Campeonato Paulista, 1 na Copa do Brasil, 4 no Campeonato Brasileiro e 1 em amistoso. 

 Concentrado desde a última segunda-feira (07), Lucas Lima e seus companheiros treinaram em dois períodos. Pela manhã, os jogadores estavam sob o comando da comissão técnica. À tarde, o grupo realizou na sala de musculação atividades de mobilidade articular, core e aparelhos de força. O treino acabou com a equipe dando seis tiros de corrida no gramado em alta velocidade. O clube estreia no dia 20 de janeiro contra o Red Bull, às 19h, fora de casa, pelo Campeonato Paulista.  

Na coletiva de imprensa, realizada no último dia 08 de janeiro, o técnico Felipe Scolari exaltou o trabalho realizado em 2018 e falou sobre os objetivos para 2019. “O primeiro objetivo é o Paulista, mesmo que o Palmeiras tenha um problema com a Federação (Paulista) pendente do ano passado. Nós, do grupo, temos o campeonato para jogar e temos de ganhar o título paulista. Para quem ganha, é muito bom. Para quem não ganha, talvez não valha a pena. Mas vale a pena sim, essa é a conversa dentro do vestiário. Fora do vestiário, não temos nada a ver. O Paulista tem de ser jogado e vencido. Quem não quer vencer, nem entre. Eu valorizo o Campeonato Paulista. Depois, se tiver algum problema, isso tem de ser resolvido no tribunal”.  

Por fim, o técnico voltou a elogiar o elenco palestrino. “Todo excelente jogador interessa ao Palmeiras, mas estamos com um grupo muito bom de jogadores. Isso foi provado no ano passado. Se analisarmos, temos um grupo ideal, sem problema nenhum se chegar ou sair alguém. Temos 35 jogadores, não trabalharei com os 35 e os jogadores já sabem. No máximo, 28 ou 30 jogadores, a direção já sabe também. Com o tempo, desenrolaremos os trabalhos e situações aparecerão para os jogadores, veremos o que acontecerá. A princípio, estou totalmente satisfeito com o grupo que tenho”, disse na ocasião.